Breves

por Manoela Ferrari

O presidente da Academia Brasileira de Filosofia, João Ricardo Moderno, lançou Filosofia do Golpe de Estado, composto por diversos ensaios críticos referentes aos totalitarismos comunista e nacional-socialista, pela Editora Forense Universitária.

Rebeldia e sonho, de Paulo Rabello de Castro, teve lançamento de sucesso promovido pela Edições de Janeiro.

Uma nação sem noção, de Ricardo Rangel, lançado pela Editora Autografia, tem prefácio assinado pelo jornalista Roberto D’Ávila.

Em solenidade realizada na Embaixada do Brasil, em Paris, foi concedido o Prêmio Edição Latino Americana a Coleção Dicionários, projeto do escritor Luiz Coronel, hoje em sua 14ª edição, com cerca de 50 mil exemplares distribuídos às instituições culturais.

Foi um sucesso o VII Congresso Internacional de Literatura e Teologia, na PUC-Rio, tendo como tema “Teopoética: mística e poesia”, coordenado pela presidente da Alalite, Maria Clara Bingemer. Entre os conferencistas, o presidente da ABL, Marco Lucchesi.

Ficará até o dia 16 de dezembro, no Centro Cultural da FIESP, em São Paulo, a exposição “Rafael e a Definição da Beleza – da divina proporção à graça”. São mais de 50 gravuras, produzidas no ateliê do mestre renascentista, pertencentes ao acervo da Biblioteca Nacional, no Rio.

Lançada pelo Instituto Moreira Salles, a plataforma Portal da crônica brasileira reúne crônicas dos principais nomes do setor, entre eles, Rubem Braga, Paulo Mendes Campos, Raquel de Queiroz e Otto Lara Resende.

Balanço da Câmara Brasileira do Livro indica que a participação nacional nas recentes feiras de Bogotá e de Buenos Aires foi, respectivamente, de US$ 297 mil e US$ 290 mil, em negócios até o fim da alta temporada.

Sem limites, baseado em obras de sucesso do escritor Nelson Rodrigues, destinado a se tornar uma série da TV Globo, já possui data para a estreia: 22 de abril de 2019. A adaptação é de Euclydes Marinho, com a colaboração de Mateus Barbosa e Carolina Neves.

Resultados da pesquisa Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro trouxeram à luz que o salto mais expressivo do meio, em 2017, deu-se no gênero das biografias, da ordem de 11,4%, com 5.710 exemplares vendidos.

Machado de Assis: a poética da moderação, do poeta e ensaísta Alcmeno Bastos, foi lançado pela Editora Batel.

Germano Almeida, escritor de Cabo Verde, vencedor do Prêmio Camões 2018, possui uma única obra publicada no Brasil: O Testamento do Senhor Nepu-muceno, pela Companhia das Letras.

Traduzido pela Editora Autêntica, o escritor japonês Yukio Mishima narra histórias da terra do sol nascente de inteiro agrado da nossa maior colônia de imigrantes, com registro principalmente em São Paulo e Paraná.

A Ed. Carambaia relança A Cabana do Pai Tomás, best-seller mundial de Harriet Beecher Stowe, com um total de 704 páginas.

Carolina Moreyra e Odilon Moraes apresentam, pela Ed. Pequena Zahar, o livro infantil Lulu e o Urso, repleto de ilustrações e fantasias.

Estudo de Nielsen exibe elevação nas vendas de livros de terror e suspense no país, nos últimos dois anos, de 17 e 18%. No faturamento, estes acréscimos foram de 31% e de 17,6%, respectivamente.

Foi lançado pela Editora Sesc-SP A vingança de Platão – política na era da ecologia, de William Ophus.

O Fantasma da Ópera, recorde de público na sua primeira montagem, contabilizando 880 mil pessoas, de 2005 a 2006, fica em exibição até 23 de dezembro, no Teatro Renault, em São Paulo.

Novembro e dezembro, no Teatro Alfa, trazem apresentações imperdíveis da companhia de dança fundada pela consagrada coreógrafa alemã Pina Bausch, uma das mais respeitadas da Europa.

Autor de Vivos Embaixo da Terra, sobre o caso com os 33 mineiros do Chile, o jornalista Rodrigo Carvalho faz sucesso com Os Mineiros da Caverna, da Globo Livros, sobre a tragédia ocorrida, em julho, com um time juvenil de futebol na Tailândia.

Um sucesso é o box com dois volumes, da Ed. Nova Fronteira, que reúne Os 77 Melhores contos de Grimm, organizado por Luciana Sandroni.

Assinado por Regina Zappa, a Editora Best Seller lançou Uma Vida em Cena, biografia do diretor e produtor Daniel Filho.

Barack Obama, ex-presidente dos EUA, e sua mulher, Michelle, fecharam acordo de US$ 65 milhões com a Editora Penguin Randon House, para a produção de um livro de memórias de ambos.

Obra do começo do século passado (1902), O Imoralista, assinado por Andre Gide, retorna às lojas especializadas com o carimbo da Ed. Nova Fronteira.

Nascido em Vitória, onde estudou na Faculdade de Música do ES, Lucas de Oliveira, 24 anos, foi escolhido em concurso internacional, junto a um chinês e a um alemão, para aperfeiçoar-se em violoncelo na célebre Academia Sibelius, da Finlândia, considerada das melhores escolas de música do mundo.

Após dirigir uma ópera na Polônia, André Heller Lopes irá comandar Aída, de Verdi, na Alemanha, em 2019. A produção reúne mais de cem artistas.

Aposentado no Itamaraty, onde tornou-se figura lendária pelo constante e requintado bom humor, Marcos Azambuja, 83 anos, ex-embaixador na França, posto mais disputado na reluzente carreira, conclui livro para a Ed. José Olympio. Título da obra: Memórias Quase-Póstumas de MA.

Novamente funcionando, a biblioteca do Centro Cultural do Banco do Brasil, que já contava com 150 mil livros, acrescentou mais de 4 mil obras do acervo. Duas mil foram doadas pelo embaixador René Haguenauer, autor, entre outras obras, do livro Diário de Bordo, onde conta passagens de sua vida diplomática, durante a qual serviu em 10 países do chamado Primeiro Mundo, incluindo Itália, França, EUA, México e Suíça.

Após sete edições anteriores com outra denominação, o agora SESC Jazz Festival levou a São Paulo 22 atrações de 11 países.