Breves

por Manoela Ferrari

A atriz e youtuber Antonia Frering estreou na literatura, lançando dois livros infantis, pela Editora Quase Oito: Os Amigos da Floresta e Maricota Pipoca, com belas ilustrações de Romont Willy.

O Jubileu de 70 anos da Academia Feminina Espírito-santense de Letras contou com o lançamento do selo comemorativo da data, em bonita cerimônia coroada com apresentação musical de Maria do Carmo Schneider, Cleusa Madureira, Antônio de Pádua Reis e Edu Rosa.

Estátua do saudoso acadêmico Lêdo Ivo foi inaugurada no calçadão do Posto 7, em Maceió. A escultura em bronze é do artista plástico mineiro Léo Santana.

O acadêmico Antônio Torres foi muito aplaudido na aula inaugural do 2º semestre do Mestrado em Estudos Literários, na Universida-de Estadual de Feira de Santana (UEFS).

Desta vez no Expo Center Norte – e não no Anhembi, como de costume – a Câmara Brasileira do Livro realiza a 26ª Bienal de São Paulo, entre os dias 30 de outubro e 8 de novembro.

Jornalista do Estadão, Lucia-no Garbin produziu, para a Editora Letras do Brasil Albertinho e suas Incríveis Máquinas Voadoras, exibindo ao público infantil as invenções de Alberto Santos Dumont, que tanto ajudaram nosso país a ser projetado mundialmente. As ilustrações são de Marcos Müller.

Para celebrar a VI edição do Encontro de Poetas de Língua Portuguesa, realizado no Rio de Janeiro, Bissau e Lisboa, foi lançada uma antologia comemorativa – A Poesia na Rota dos Camões – com a participação de 142 poetas.

Setenta sinagogas já foram identificadas pela arquiteta Myriam Szwarcbart, na Grande São Paulo, para inclusão em livro que, junto com o designer gráfico Roberto Strauss e o editor Alberto Guedes, da Tron Editora, começaram a preparar com informações sobre o funcionamento e atividades de todas elas. Com lançamento projetado para o primeiro semestre de 2020, sairá em português, inglês e iídish.

Iúna, minúsculo município capixaba, incrustado em região de montanha, receberá, de 14 a 17 de novembro, o XVII Congresso Brasileiro de Poetas Trovadores.

O Dicionário do Menino Anderson, livro infantil do português Gonçalo M. Tavares, chega ao Brasil através da Editora Sesi – SP.

Em recuperação judicial, a Livraria Cultura, criada em 1947, negocia a venda da Estante Virtual, plataforma on-line de livros usados, com um montante de 4 milhões de clientes cadastrados.

Quem colocou um pé no Brasil foi a sueca Storytel, segunda maior plataforma de audiolivros do mundo. Entrou com a aquisição de três obras do jornalista Edney Silvestre: Casa Comigo; O Brilho por Trás das Nuvens e Sarah em São Paulo.

Originalmente impresso em 1808, Mulherzinhas, da americana Louise May Alcott, passa a integrar a coleção Clássicos Zahar, a partir de outubro, introduzindo 130 ilustrações.

Ficará até o final de outubro, no Centro Cultural Banco do Brasil – São Paulo, a exposição Man Ray em Paris, com 255 obras, entre fotos, objetos e filmes que destacaram as inovações técnicas e artísticas do multiartista americano.

Pedagogia do Oprimido, de Paulo Freire, tornou-se o único livro brasileiro na lista dos 100 mais solicitados nas bibliotecas das universidades dos EUA.

Poucos sabem, mas foram dois brasileiros – José Braz Araripe e Fernando Lemos – os responsáveis pela invenção do câmbio automático na indústria automobilística mundial. Ela foi adquirida pela General Motors, há 80 anos. A revelação está na biografia de Paulo Coelho (O Mago), escrita por Fernando Morais.

Em nova linha de patrocínios, limitados ao teto de 180 mil por projeto, a Caixa Econômica Federal volta ao mercado cultural. A expectativa é de que todas as regiões do país possam vir a ser contempladas, procurando abrir caminho, principalmente, aos talentos emergentes.

Conforme Marcos da Veiga Pereira, presidente do Sindicato Nacional dos Escritores de Livros, o comércio on-line de livros físicos cresceu cerca de 50%, aproveitando a lacuna deixada pelo fechamento de lojas no setor.

Identificada pelos livros artesanais, a Confraria dos Bibliófilos está produzindo uma seleção de crônicas de Carlos Heitor Cony, apresentadas por Cristóvão Tezza, com ilustrações de Liberati.

Buscando revelar talentos, a Orquestra Acadêmica Mozart e um Brasileiro abriu inscrições em São Paulo para jovens músicos de todo o país.

Para evitar longas filas diárias, o Museu do Louvre tornou obrigatória a reserva on-line para as visitas. Como nas temporadas anteriores, a atual deve superar a faixa de 10 milhões de pessoas percorrendo a instituição.

Fechado desde junho para reformas, o Museu de Arte Moderna de Nova York reabre dia 21 de outubro, com 3.700 metros quadrados a mais. A ampliação representou um curso de 1,5 bilhão.

Atriz americana ganhadora de um Oscar, Viola Davis prepara adaptações da peça teatral O Beijo no asfalto, de Nelson Rodrigues, para projetos na Broadway, cinema e TV locais.

Duas obras do cineasta italiano Pier Paolo Pasolini – Escritos Corsários e Petróleo saem pela Editora 34.

Yoko Ogawa e Sayaka Murata, autoras japonesas contemporâneas, acertaram, com a Estação Liberdade a publicação de seus livros no Brasil.

Foi um sucesso a Bienal Sesc de Dança realizada em campinas, sob a responsabilidade da coreógrafa sul-coreana Eun-MeAhn, conhecida como A Pina Baush de Seul.

Considerada rainha do thriller em sua terra, a japonesa Kanae Minato participou de encontros no Brasil para lançamento de Penitência, pela Ed. Autêntica. Junto com Confissões, a autora já vendeu 4,5 milhões de cópias.

Diretor de comunicação digital do Van Gogh Museum, Martijn Pronk participou, no Rio, do Seminário Hiper – Museus, na Casa Firjan. Mostrou como a instituição holandesa se tornou uma das mais ativas no ambiente cibernético, com 2 milhões de seguidores no Facebook: “as mídias sociais modificaram a relação dos museus com seu público.”

Foi lançado na Livraria da Vila, em São Paulo, Memória da Amnésia: políticas do esquecimento, de Giselle Beiguelman.

Presente do Brasil à sede da Organização das Nações Unidas, em Nova York, em 1956, os painéis Guerra e Paz, de Cândido Portinari, foram emprestados pela instituição para uma grande mostra mundial, em Milão, no início de 2021.