Breves

por Manoela Ferrari

As inscrições para o 2º Con-curso de Redação Amazônia Azul, no site da Fundação Cesgranrio, estão abertas até o dia 30 de julho. A premiação será em três categorias: estudantes do ensino fundamental, estudantes universitários e o público em geral.

A escritora sul-matogrossense Raquel Naveira foi eleita sócia-correspondente brasileira da Academia das Ciências de Lisboa.

O Circuito Banestes de Teatro, parceria do Ministério da Cidadania e do banco oficial do governo do ES, apresenta, no Teatro Rubem Braga, em Cachoeiro de Itapemirim, em agosto, o monólogo Rubem Braga – Uma Vida em Voz Alta, estrelado pelo ator José Augusto Loureiro, de 74 anos.

Josh Malerman, autor do best-seller Caixa de Pássaros, estará na XIX Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro (de 30 de agosto a 8 de setembro), no Riocentro.

Avaliação: Um Guia de Con-ceitos, primeira obra de Michael Scriven traduzida para o português, é um marco para o campo da teoria e prática da avaliação brasileira, lançada pela Editora Paz&Terra, em parceria com as Fundações Roberto Marinho e Itaú Social.

A Editora Todavia lança The Only Plane in the Sky, livro em que o famoso jornalista americano Garret M. Grall narra entrevistas feitas com sobreviventes dos ataques de setembro às Torres Gêmeas de Nova Iorque.

A Editora Todavia lança The Only Plane in the Sky, livro em que o famoso jornalista americano Garret M. Grall narra entrevistas feitas com sobreviventes dos ataques de setembro às Torres Gêmeas de Nova Iorque.

A editora Dublinense comprou, em Londres, os direitos de publicação de dois livros inéditos, no Brasil, de Buchi Emecheta, autora nigeriana referência na literatura do seu país. Primeiro, lança No Fundo do Poço. Até dezembro, sai O Preço da Noiva.

As melhores reportagens de Moisés Rabinovici estão agora em livro. Um dos mais conhecidos correspondentes internacionais do Brasil, Rabino, como é conhecido nas redações, lançou Escritos com a Pele, pela 11 Editora, produção que marca sua estreia na literatura.

Fernanda Diamant, antiga editora da revista Quatro cinco Um e curadora da Flip, abre livraria no badalado Edifício Copan, em São Paulo.

O livro Liberation, de Derby Kealay, teve os direitos adquiridos pela Editora Planeta para publicação, no Brasil, até dezembro.

A professora Sossi Amiralian lançou o livro Armênios e Brasileiros: marcas de uma convivência. O prefácio da obra é de autoria de Raquel Naveira.

Karina Sainz Borgo, autora do romance sobre a Venezuela arrasada pelo atual regime, destaque internacional na última Feira de Frankfurt, Alemanha, é mais uma presença anunciada na Flip. Seu livro Noite em Caracas circula em 22 países.

Aos 88 anos, ganhadora 8 vezes do Prêmio Jabuti, 212 livros publicados e vendas superando 20 milhões de exemplares, Ruth Rocha, autora de O Reizinho Mandão, entre tantos outros de sucesso, não pensa em parar e segue produzindo literatura infantil. A mais nova obra – O Almanaque do Marcelo – sai até o final do ano.

Mais conhecido como autor de músicas, como Volta por cima, do que propriamente como zoólogo, Paulo Vanzolim, morto há uma década, terá trabalhos inéditos publicados em livro pela Imprensa Oficial paulista. Revelam pesquisas que desenvolveu como técnico sobre espécies nativas sul-americanas.

Projeto que alcança a sua 22ª edição, o Sonoro Brasil Sesc realça a música produzida fora do eixo Rio-SP. No total, contabiliza mais de 6 mil apresentações, envolvendo 85 grupos diferentes em 150 cidades e atingindo público beirando 800 mil pessoas.

Amiga Ursa, uma História Triste, mas com Final Feliz, mais recente obra infantil de Rita Lee, ilustrada por Guilherme Francini, foi lançada com sucesso pela Globo Livros.

Celebrando o nome da pintora, desenhista e escultora Anna Bella Geiger, o Prêmio Marcantonio Vilaça teve, entre os finalistas, os artistas plásticos Rodrigo Bueno, Guto Lacaz, Vivian Caccuri e Mônica Nador.

Após negociação com os herdeiros, toda a obra do escritor Gabriel Garcia Marquez chega ao mercado nacional em e-book, trazido pelo grupo editorial Record. Até então, o Brasil registra a comercialização de quase 3 milhões de exemplares impressos do famoso autor de Cem Anos de Solidão.

Desde março, a Fundação Carlos Chagas Filho do Amparo à Pesquisa, do Rio de Janeiro, passou a oferecer uma bolsa emergencial no valor mensal de R$ 3 mil a cada um dos 72 pesquisadores do Museu Nacional envolvidos em sua recuperação.

Após 6 anos sem destinação, o órgão de tubos, adquirido pela Universidade de São Paulo, foi inaugurado, na Catedral Evangélica Presbiteriana. Seu custo foi de 2 milhões de euros. Instrumentos iguais só são encontrados na Espanha, Japão e Bélgica. A montagem consumiu recursos equivalentes a R$ 1 milhão.

Dois quadros de Portinari existentes no Palácio do Itama-raty, danificados durante a posse do presidente Bolsonaro, identificados como Cena Gaúcha e Jangadas do Nordeste, foram restaurados. Ambos datam de 1939.

Escritor angolano radicado em Lisboa, Kalal Epalanga, autor do laureado livro Também os Brancos Sabem Dançar, tem presença confirmada na Flip.

O mineiro Rogério de Vasconcelos Faria Tavares foi eleito pelo voto direto dos sócios do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro para a vaga deixada pelo professor Moniz Bandeira.

Com ilustrações de Gabriel Pacheco, o Sesi – SP Editora lançou Areias Movediças, do mexicano Octávio Paz, ganhador do Prêmio Nobel de Literatura 1990, enfocando dez de seus melhores contos.

Com mais de 600 páginas, a Editora Objetiva lançou Rondon, uma Biografia, livro do jornalista americano Larry Rohter, antigo correspondente do The New York Times no país. O autor realizou cerca de 60 viagens pela região amazônica desbravada pelo famoso marechal brasileiro.

Chegou às prateleiras um box especial da Editora Nova Fronteira, de Eça de Queiroz, com O Crime do Padre Amaro, O Primo Basílio e Os Maias.

Com direção e roteiro de Fernando Nasser, A Duquesa Vale uma Missa (2007), romance de José Sarney, está sendo adaptado para o cinema, rebatizado de Minha amada Julienne. Antes disso, O Dono do Mar, do imortal e ex-presidente da República, chegou às telonas em 2005.